Uepa inaugura novas instalações do CER II

 

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) entregou nesta sexta-feira, 13 de abril, as novas instalações do Centro Especializado em Reabilitação (CER II), na Unidade de Ensino-Assistência de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Ueafto), localizada no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), na travessa Perebebuí, 2623, bairro do Marco, em Belém. O novo espaço é um prédio de dois andares que conta com cinco novos consultórios, uma sala de integração sensorial, uma sala de fisioterapia neuro-pediatra e outra sala para terapia ocupacional neuro-pediatra.

A Ueafto foi habilitada em CER II no ano de 2014, quando ficou apta ao atendimento de dois tipos de especialidade: deficiência física e intelectual. De lá para cá, tornou-se referência na Região Metropolitana de Belém e municípios vizinhos, inclusive a Ilha do Marajó, com a realização de cerca de seis mil serviços mensais. “Quando fomos habilitados, o mínimo era de 200 atendimentos. Com o crescimento da demanda, continuamos a oferecer o serviço, mas com essa ampliação teremos espaço para dar mais qualidade às pessoas”, declarou Ana Irene de Oliveira, gerente do CER II.

Iniciada em 2015, a obra foi viabilizada por meio do investimento de R$ 987.500,00 com recursos do Ministério da Saúde (MS), possibilitando a ampliação de espaços existentes e construção de novas salas em uma área total de 193m2. O CER II agora está dotado de ambientes para integração sensorial; terapia ocupacional e fisioterapia neuropediátricas, e cinco consultórios especializados para atendimento de autistas e pessoas com deficiência intelectual. O projeto contemplou ainda a reforma de banheiros masculino e feminino, vestiários e adequação de um fraldário adulto e infantil, além da construção de uma rampa de acesso para o segundo andar.

A equipe de trabalho do Centro é multiprofissional e envolve as áreas de Terapia Ocupacional, Neurologia, Fonoaudiologia, Assistência Social, Psicologia, Psiquiatria, Enfermagem e Administrativa. O quadro foi ampliado e vem sendo treinado para utilizar procedimentos, abordagens, métodos e estratégias avançadas em tecnologia e inovação.

O CER II e a Ueafto compõem a rede de atendimento do Plano Estadual de Ações Integradas à Pessoa com Deficiência (Plano Existir), pactuado com o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Programa Viver Sem Limites), do Governo Federal. O Existir foi lançado em 2012 com o compromisso de garantir ações a partir dos eixos 'saúde, educação, acessibilidade e inclusão social', para a promoção dos direitos fundamentais da pessoa com deficiência na ampliação do acesso ao patrimônio cultural como instrumento de inclusão, fazendo com que ela se sinta integrada à sociedade.

A cerimônia de inauguração começou às 16h e contou com a presença do reitor Rubens Cardoso; do pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Renato da Costa Texeira; do pró-reitor de Gestão e Planejamento, Carlos José Capela; da diretora do CCBS, Vera Regina Palácios; da gerente do CER II, Ana Irene de Oliveira, além de representantes da Secretária de Estado de Saúde Pública (Sespa), entre eles, a coordenadora Estadual de Pessoas com Deficiência, Vânia Barbagelata e a coordenadora do Plano Existir, Meive Alsonia Piacesi.

“Sabemos que aqui já é um centro de referência nacional em tratamento de pessoas com deficiência e a Uepa só consegue isso graças a qualidade do trabalho que é desenvolvido!”, afirmou Meivi Piacesi durante a cerimônia. O reitor da Uepa aproveitou a oportunidade para parabenizar a equipe de profissionais da Ueafto e anunciar que “o nosso próximo passo é não medir esforços para garantir a inclusão do curso de graduação em fonoaudiologia na Uepa!”, garantiu.

Além dos novos espaços, as melhorias preveem também a aquisição de novos equipamentos a partir de outro recurso no valor de R$ 1.000.000,00, garantido, da mesma forma, pelo Ministério da Saúde. O valor está aprovado e o processo está em fase de transferência junto a Sespa. Enquanto isso, o espaço funcionará com um remanejamento dos equipamentos que a Ueafto já possui.

Texto: Dayane Baía e Helaine Cavalcante

Foto: Nailana Thiely